[Thecnica Sistemas de Treinamento] As dificuldades no reuso de materiais de construção 
Login: 
Senha:   
Fazer cadastro conosco
O Site | Quem somos | Contato | Cadastre-se | Apoiadores
Equipe | Perguntas freqüentes

Home   Edições impressas   Cursos e Eventos   Todos os artigos  
Resenhas   Anuncie   Quer colaborar?  
Google

Você está aqui: Home » Artigos sobre
Artigo (veja mais 4 artigos nesta área)

As dificuldades no reuso de materiais de construção

Por Arq. Me. Iberê Moreira Campos equipe

A reutilização de materiais na construção é um problema que envolve vários fatores. Dentre eles o com maior peso é a questão econômica. Pois para desmontar um edifício, de forma tal que se aproveitem as peças, é necessário todo um cuidado especial, como mão de obra especializada e uma armazenagem correta.

Os fatores positivos são: a responsabilidade ecológica, e no caso da madeira, trabalhar com um material apurado (que não trabalha mais). Temos que considerar que o tempo transforma os materiais.

Por exemplo, uma telha de cimento amianto, depois de 10 anos perde sua resistência, o que torna seu reaproveitamento muito difícil (pelo manuseio) e inviável economicamente. Já com as telhas de barro, em geral, acontece o contrário, elas melhoram seu desempenho, pois absorvem menos água, no entanto seu manuseio (e transporte) é também muito complicado.

Os vidros, com o passar dos anos perdem sua pouca maleabilidade, e tornam-se extremamente rígidos, o que dificulta seu reuso, pois para cortá-lo é necessário muito cuidado, pois ele se estilhaça com muita facilidade. As madeiras podem ser consideradas um capítulo à parte, pois é o melhor material para reuso. Pois o tempo (que fique bem claro o tempo, não as intempéries) faz com que a madeira se estabilize, assim quando a reusamos ela não tem mais o que trabalhar.

No entanto não é tudo um mar de estrelas, a desmontagem da edificação é muito complicada, e para reutilizar a madeira também. Temos que considerar que no madeiramento de um telhado temos muitos pregos e estes devem ser retirados com muito cuidado para não rachar a madeira. Claro que todo este trabalho só vale à pena se estivermos tratando de madeira de lei, pois com as outras a degradação é bem maior, e o tempo já não é mais tão bem vindo assim. Dificilmente conseguiremos reutilizar um forro de aglomerado, pois o tempo, a possível umidade que este tenha sido submetido, e a dificuldade de retirar o material sem estragar são desvantagens que pesam por demais, e no final das contas sairá mais barato comprar o material novo. E é exatamente este o ponto de maior dificuldade da questão do reuso se tornar algo corriqueiro, o lado financeiro, pois na maioria das vezes é mais barato e mais rápido comprar algo novo.

Fonte: Curso de Arquitetura e Urbanismo - UFSC

Publicado em 17/03/2009 às 17:37 hs, atualizado em 28/06/2016 às 17:35 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


TEMOS MAIS 4 ARTIGOS SOBRE :
Retrofit e sustentabilidade, a dupla que veio para ficar
Dicas básicas para um edifício sustentável
O que é Arquitetura sustentável?
Origens da sustentabilidade em arquitetura

 

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da arquitetura, engenharia e construção e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

Tel (11) 3483-9868
Fax (11) 2368-4666
Email: contato@luzes.org
  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.